As Competências Emocionais e o equilíbrio do líder

São muitas as competências a serem desenvolvidas por um profissional, competências estas de cunho técnico, comportamental e emocional, este último tipo estando diretamente ligado à eficácia um líder, pois diz respeito ao seu “condicionamento emocional”.

As competências emocionais foram definidas por Talia Ziv e os estudos realizados indicam que estas competências servem de base para a execução dos conhecidos e difundidos conceitos de Inteligência Emocional, de Goleman.

Em resumo, um líder precisa conhecer a si mesmo, mapear os pontos fortes e riscos de sua personalidade e ser capaz de administrar seus pensamentos, sentimentos e comportamentos; desta forma, as metas serão cumpridas com o bônus de promover desenvolvimento de maturidade e autonomia em todo time.

Esta condição emocional favorável de um líder pode ser produto de muitos anos de observação e análise, resultar de uma longa e custosa história de tentativas, erros e recursos perdidos ou ainda ser fruto de um estruturado programa de desenvolvimento de líderes, processos de Coaching e experiências que favoreçam o amadurecimento do profissional.

É fato que a escolha mais inteligente, que poupa recursos humanos e financeiros, é planejar o desenvolvimento emocional dos líderes, promovendo assim relacionamentos produtivos e certamente muito rentáveis para a organização.

Se você se reconheceu com oportunidades no desenvolvimento das competências emocionais, parabéns! O reconhecimento é o princípio da mudança. Assuma o comando da sua carreira e busque desenvolvimento, crie diferencial competitivo no mercado.

 

Sucesso!!!

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *